Banner Topo

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

NOTICIÁRIO DO MARANHÃO 25 DE JANEIRO DE 2011

QUADRILHA PRESA NO INTERIOR É TRANSFERIDA PARA SÃO LUÍS
Foram apresentados no final desta ultima segunda (24), no auditório da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), os integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de cargas capturados em Barra do Corda, na madrugada do último sábado, 22. Os acusados estavam presos na Delegacia Regional daquele município e foram transferidos ontem, para São Luís, por homens do Grupo Tático Aéreo (GTA).
A prisão de Raimundo Ferreira Barros, o “Neto de Davinópolis”, 45 anos; Sebastião Fernandes de Oliveira, conhecido como “Téo” ou “Tião”, 35 anos; Jeovah Barbosa Lira, 43 anos; e de Daniel Coelho Pinto, 45 anos, aconteceu após eles terem tomado de assalto um caminhão da Souza Cruz, carregado de cigarros. O crime aconteceu por volta das 19h de sexta-feira, 21, na cidade de Bacabal.
Carga de Cigarro Recuperada
Durante a apresentação, o secretário adjunto de Inteligência, Laércio Costa, disse que a quadrilha da qual os quatro homens fazem parte age em todo o Maranhão, roubando cargas, além de assaltar bancos e agências dos Correios. Mas que, a especialidade da quadrilha, na verdade, seriam caminhões carregados com cigarros, principalmente nas BR’s 135, 222 e 316.
Laércio Costa também informou que a última ação da quadrilha foi o assalto praticado na noite de sexta-feira (21), em um posto de gasolina, na sede do município de Bacabal, contra a carga de cigarros da Souza Cruz. Porém, o secretário disse que o bando já estava sendo monitorado pelo Serviço de Inteligência da SSP.
Caminhão usado para transportar os produtos do roubo
O delegado geral da Polícia Civil, Nordman Ribeiro, afirmou que a polícia já tinha conhecimento das ações de Raimundo Barros, que era morador de Davinópolis, mas se mudou para Grajaú, onde tem uma fazenda e comandava sua quadrilha. E que na hora do assalto, Neto de Davinópolis estava em um veículo Astra, acompanhado de Sebastião Fernandes, dando apoio para o restante do bando. “Após tomarem de assalto ao veículo da Souza Cruz, os assaltantes transferiram toda a carga, 45 caixas de cigarros, para um caminhão Mercebes Benz toco, do tipo bicudo, que estava carregado de peixes. Dessa forma, eles visavam disfarçar o cheiro dos cigarros”, relatou.
            Nordman Ribeiro contou que, depois do assalto, houve a comunicação do fato para o comandante da Polícia Militar, coronel Franklin Pacheco, que determinou a montagem de barreiras nas estradas que ligam Bacabal a Grajaú, para onde a carga deveria ser levada a fim de ser escondida na fazenda de Neto. A prisão do bando ocorreu próximo a Barra do Corda, em uma das barreiras montadas pela PM, quando foram parados o caminhão e o Astra, estando dois dos acusados em cada veículo.
Durante revista no caminhão os policiais localizaram a carga em um fundo falso, além de duas escopetas calibre 12, duas pistolas 380, uma pistola 9mm, dois coletes à prova de bala, 104 munições. Foi informado ainda que o bando estaria de posse de dois fuzis, mas eles não foram localizados pela polícia. Os militares também foram à fazenda de Neto, e lá encontraram parte de outra carga de cigarros, fumos Trevo, isqueiros, entre outros materiais.
ANTECEDENTES CRIMINAIS – Dos quatro acusados o único que não havia informações de prisões anteriores é Daniel Coelho Pinto. Raimundo Ferreira Barros já foi capturado várias vezes por assalto a bancos e cargas no Maranhão e no Pará; ele é irmão de Cleginaldo Ferreira Barros, o “Cleiton de Imperatriz”, que está preso no Rio Grande do Norte, e de Reginaldo Barros, que foi morto durante confronto com a polícia após o assalto a uma agência bancária no município de Governador Eugênio Barros. Sebastião Fernandes de Oliveira responde por um assalto praticado em uma joalheria na cidade de Teresina, no Piauí; já Jeovah Lira responde por um homicídio em Porto Franco – MA., e assaltos a cargas.
O superintendente de Polícia Civil do Interior, delegado Jair Lima de Paiva, disse que a quadrilha é formada por mais pessoas, entre elas um filho de Neto de Davinópolis, identificado apenas como Raifran, que também pode ter participado ao roubo da carga de cigarros. Jair de Paiva afirmou que foi aberto um inquérito na Delegacia Regional de Bacabal, para investigar o roubo da carga de cigarros; e outro em Grajaú, para apurar a localização de espingardas na fazenda de Neto.

FIM DE SEMANA COM 23 ACIDENTE E 2 MORTES
A Polícia Rodoviária Federal registrou no último fim de semana 23 ocorrências nas estradas federais que cortam o Maranhão. Ocasionaram a morte de 2 pessoas e 6 ficaram feridas. Um dos acidentes com vítima fatal aconteceu na BR-135, próximo a Pedrinhas, envolvendo uma motocicleta. O tipo foi colisão com objeto fixo (árvore), ocasionando a morte do condutor, cujo nome não foi informado. O outro acidente com vítima fatal aconteceu na BR-316, na cidade de Caxias. Uma colisão traseira entre um Pálio e um caminhão ocasionou a morte de uma pessoa, de iniciais A.V.C.N. A PRF prendeu também duas pessoas por embriaguez, sendo uma em Imperatriz e outra em Açailândia. Em Balsas, foi apreendida uma espingarda de fabricação caseira. A PRF está realizando a Operação Assalto Zero, que tem como objetivo a prevenção de assaltos a ônibus e a promoção da sensação de segurança aos usuários de rodovias. A operação, que se estenderá até o dia 27, envolve não só a PRF, como também as Polícias Militar e Civil.

HOMEM É ASSASSINADO A TIROS NA VILA REDENÇÃO EM IMPERATRIZ
Foto de José Wilson
Com três tiros, foi assassinado José Wilson Alves de Amorim, 28 anos. O caso ocorreu nesse domingo, por volta de 20 horas, na Rua Sálvio Dino, no local denominado de "Bar do Mauro".
Segundo informações de testemunhas, o autor dos tiros que mataram José Wilson de Amorim foi um dos dois homens que chegaram ao Bar do Mauro em um veículo branco. As testemunhas não souberam informar se era um Gol ou um Pálio.
José Wilson Alves de Amorim foi alvejado com três tiros e morreu instantaneamente. Ele caiu em cima de uma mesa de sinuca. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi até o local, mas quando chegou constatou que José Wilson já estava sem vida, e o trabalho foi feito por funcionários do Instituto Médico Legal (IML), que removeram o corpo para as câmaras daquele órgão.
O corpo de José Wilson Alves Amorim foi liberado somente no fim da tarde de ontem, porque teve de esperar a vinda de uma prima dele da cidade de Grajaú, haja vista que ele não tinha parentes em Imperatriz.
Investigações - O caso foi registrado no Plantão Central da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz e ontem repassado para a Delegacia do 5º Distrito Policial, localizado na Vila Lobão.
As investigações iniciaram ontem, através do delegado Fairlano Aires de Azevedo, que já descobriu que na semana passada José Wilson Alves trocou tiros com um marginal na Vila Redenção. Segundo a polícia, ele também era suspeito de envolvimento na morte do taxista Edmilson Fotógrafo, que foi vítima de latrocínio. José Wilson chegou a ser preso, juntamente com outros três suspeitos, mas foi ouvido e colocado em liberdade.
A polícia tem essas duas linhas de investigações para a elucidação do crime. Esse foi o sétimo assassinato em Imperatriz neste mês de janeiro.

ACIDENTE NA BR 226 DEIXA MOTORISTA GRAVEMENTE FERIDO
Um dos caminhões envolvidos no acidente
 Segundo a Polícia os caminhões vinham com excesso de velocidade, quando se chocaram. Dois seguiam sentido Imperatriz, e um se direcionava para Grajaú. Os caminhões envolvidos no acidente foram:
Um vermelho modelo bob esponja de marca Volkswagen, placa MNW 8016 PB Campinas Grande, que ficou completamente destruído, segundo a Polícia o mesmo teve inicio de incêndio, o motorista Antonio Domingos Pereira ficou gravemente ferido e foi transferido para o hospital de Grajaú, onde foi feito os primeiros procedimentos e encaminhado logo em seguida para Imperatriz.
O outro caminhão Mercedes Benz 1513 placa KBM 1950, conduzido por Flávio Pereira Cavalcante vinha de Goiás, quando se envolveu no desastre. O terceiro caminhão era conduzido por João Alves Cavalcante, o carro da marca Mercedes Benz 1313 placa ADL 0697, também ficou destruído com o impacto.
No acidente os Policiais da viatura prefixo 125 da PM, acompanharam todas as informações necessária para relatórios do BO (Boletim de Ocorrência).

OPERAÇÃO DA PM EM BURITICUPU PRENDE SETE PESSOAS
E APREENDE ARMAS E DROGA
Policiais militares da 5ª Cia., com sede em Açailândia, realizaram uma operação na cidade de Buriticupu, cujo objetivo foi o de coibir delitos, como roubo a carga e caminhões, assaltos e tráfico de droga.
O efetivo, que contou com policiais da Força Tática, Patrulha Rural e demais militares do Destacamento da Polícia Militar de Buriticupu, sob o comando do Major Edeilson Carvalho, comandante da 5ª Cia., iniciou a operação ainda na madrugada da última sexta-feira (21), fato que proporcionou o elemento surpresa, de acordo com a estratégia montada pelo comandante. A operação se estendeu até as 14 horas de sexta-feira.
As abordagens realizadas na BR-222, saída do assentamento Faíza, logrou êxito ao serem apreendidas três armas de fogo portadas irregularmente por passageiros de uma van que se dirigia para Buriticupu.
Com Cícero Felipe da Silva, 35 anos, residente no assentamento Faíza, foi encontrada uma pistola Taurus calibre 380 e 10 munições; com Antonio Ernesto da Conceição, 36 anos, residente na Vila Renascer, assentamento Capoema, foi encontrada uma arma de fabricação caseira, tipo garrucha; e com Valter Cardoso, 71 anos, residente na Vila Renascer, assentamento Capoema, foi encontrado um revólver 38, com três munições, sendo que uma estava deflagrada.
Em outra abordagem, no bairro Caeminha, foi encontrado um revólver Rossi, calibre 38, em poder de Jocilas Rodrigues de Sousa, 60 anos. Foram quatro armas apreendidas em curto espaço de tempo.
Em relação ao tráfico de droga, foi estourado um ponto de vendas de drogas (boca-de-fumo) na Rua Deputado Vila Nova, bairro Terra Bela, quando no local se encontrava Marcone Pinheiro Maia, 40 anos; Rosilene Alves Pereira, 21 anos; Vandenilson Silva Sousa, 20 anos.
Com os mesmos foram apreendidas 15 pedras de crack, dois cachimbos para consumo do entorpecente, um pacote com uma quantidade de maconha e a quantia de R$ 47,00, em notas de R$ 2,00, característica de dinheiro usado no comércio de droga.
Todos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Buriticupu e autuados em flagrante delito.

EM GRAJAÚ JOVEM É EXECUTADO A PAULADAS DENTRO DO CEMITÉRIO
Corpo de Francisco Alves morto dentro do cemitério
No dia 23 de janeiro de 2011 por volta das 17h00min, foi executado na cidade de Grajaú, dentro do cemitério do bairro Canoeiro, o jovem Francisco Alves de Sousa 36 anos vulgo “Bolota”. O rapaz era sobrinho da esposa do popularmente conhecido como Joel Carneiro, o que despertou curiosidade na Polícia, foi o modo e o local em que o rapaz foi executado no próprio cemitério, já pronto para enterro.
Segundo a Polícia o jovem foi morto com pedaços de madeiras, os investigadores informaram que “Bolota” foi executado porque seria usuário de drogas.
“Bolota” é filho de Maria do Carmo que foi presa juntamente com seu esposo, há 04 dias acusada de tráfico em conjunto com o esposo.
Francisco é lavrador do povoado Remanso, que fica localizado há cerca de 18 km de Grajaú. A Polícia continuará fazendo as investigações sobre o caso.
Fontes: Wellington Rabello, O Progresso e Blog realidade na tela

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e previamente moderados.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:
1°- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da postagem;
2°- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
3°- Não Inclua links desnecesssários no conteúdo do comentário;
4°- Acusações sem provas e incitações ao crime não serão aceitos;
5°- Palavrões, discriminação racial ou de qualquer tipo não serão publicados.

Postar um comentário

Eletro_Posto_Marisilva